TERRA NATIVA FM, 91,1

INTERNET VIA FIBRA ÓPTICA, TEM NOME.

sábado, 24 de junho de 2017

COHAPAR E PREFEITURA DE JURANDA ACERTAM PRÓXIMOS PASSOS PARA CONSTRUÇÃO DE CASAS POPULARES

A prefeita de Juranda, Leila Amadei, e a vice-prefeita, Joelma Demeneck, estiveram nesta quarta-feira (21) na sede da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), em Curitiba. Atendidas pelo chefe de gabinete e superintendente de Relações Institucionais da empresa, João Naime Neto, elas acompanharam a situação dos projetos das casas populares em andamento no município.


Os órgãos protocolaram recentemente projetos para a construção de 75 casas para famílias com renda mensal de até R$ 1.800 junto ao Governo Federal e aguardam análise do Ministério das Cidades. Segundo Naime Neto, a documentação já foi enviada para Brasília para que seja dado seguimento à contratação.

“Caso sejam liberadas, as unidades devem ser parcialmente subsidiadas com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial, o que reduzirá os custos a serem pagos pelas famílias contempladas”, explica o superintendente da Cohapar. 

Outro projeto, com 21 unidades voltadas a quem ganha de R$ 1.800 a R$ 2.600 ao mês, também está sendo elaborado pelos governos estadual e municipal com financiamento pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Após a conclusão da montagem técnica do processo, ele segue para contratação da construtora responsável pelas obras via processo licitatório e, por fim, para análise e liberação de recursos pela Caixa Econômica Federal, estimados em R$ 1,2 milhão. 

Regularização fundiária – De acordo com a prefeita, outra preocupação da atual gestão municipal é com a regularização de imóveis sem escritura na cidade. “A documentação da prefeitura já está em ordem para que iniciemos a licitação para contratar a empresa responsável pela titulação dos imóveis em conjunto com a Cohapar”, relata Leila. 

Ao final do encontro, a prefeita demonstrou otimismo com a possibilidade de que os contratos sejam assinados ainda este ano. “O trabalho está adiantado, falta pouco para que se iniciem as contratações”, finaliza Leila.

Fonte: Cohapar - Fotos: Maria Eduarda Giglio / Cohapar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COTAÇÕES

Projeção da população do Brasil

Projeção da população do Paraná