TERRA NATIVA FM, 91,1

INTERNET VIA FIBRA ÓPTICA, TEM NOME.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Dupla de Juranda é presa em Ubiratã após tentativa de roubo a açougue

DELEGACIA DE UBI

No final da tarde da ultima quarta-feira dia 29, sendo por volta das 18 horas, a Equipe da da Policia Militar de Ubiratã, recebeu  a informações via 190, dando conta de que dois indivíduos um da cútis morena, trajando blusa branca, bermuda e chinelos, e outro cidadão de compressão física magra, trajando camiseta azul, estariam no interior do Açougue M., localizado na Avenida Yolanda Loureiro de Carvalho, nas proximidades do antigo Hospital São Judas Tadeu, e fizeram a menção de promover um roubo aquele estabelecimento, colocando a uma das mãos atrás do corpo e dizendo que iriam matar quem se mexesse.

Momento no qual a proprietária do estabelecimento, conseguiu ligar no telefone 190 e acionar a Policia Militar. De imediato as equipes foram deslocadas para o endereço da ocorrência onde as pessoas presentes e as vítimas repassaram as características físicas e de vestimentas dos dois suspeitos, que subiram pela Rua Marechal Candido Rondon, pegando a Rua Pedro de Oliveira e seguindo pela Avenida Ascânio Moreira de Carvalho, depois tomando a Rua Nossa Senhora Aparecida, onde foram abordados e submetidos a rigorosa busca minuciosa, sem que nada de ilícito fosse localizado.

Contudo, não souberam explicar as equipes policiais sobre o que estavam fazendo em Ubiratã, uma vez que são oriundos do município de Juranda. Diante do exposto acima, foram apresentadas fotos às pessoas que se encontravam no Comércio Medeiros Carnes, e estas identificaram de pronto as pessoas de J.F. da S., 19 anos, e I.F.V., 22 anos, que apresentavam características físicas e de vestimentas idênticas às mencionadas pelas vítimas. De acordo com uma das vítimas o individuo de camisa azul identificado como J., colocou a mão atrás das costas e fez menção de sacar uma possível arma de fogo, e se dirigiu a pessoa de S.M. dos S.. Neste momento J. a proprietária do Açougue Medeiros ligou para o telefone 190, e os dois suspeitos empreenderam fuga.

Diante dos fatos expostos acima, os suspeitos receberam voz de prisão e foram encaminhados para a Delegacia de Polícia civil para que fossem tomadas as medidas cabíveis, quanto á situação do roubo. A pessoa de J. ameaçou os Policiais Militares, dizendo que um dia a agente se tromba, enquanto era confeccionado o boletim de ocorrência. Durante a abordagem foram empregadas técnicas de uso progressivo da força, optando inicialmente pelo contato verbal, depois um controle físico em razão da resistência e desobediência empregada pelos detidos, e finalmente o uso de algemas, conforme preceitua a sumula vinculante 11, visando à proteção das Equipes Policiais e dos detidos, que insistiam em se desvencilhar da ocorrência.

POSTAGEM: José Marcelo Chagas


Nenhum comentário:

Postar um comentário

COTAÇÕES

Projeção da população do Brasil

Projeção da população do Paraná