TERRA NATIVA FM, 91,1

INTERNET VIA FIBRA ÓPTICA, TEM NOME.

sábado, 7 de maio de 2016

SITE FÊNIX NOTÍCIAS BLOQUEADO: MOLINA HAVIA DENUNCIADO PROCESSAR O JORNAL POR MENTIRAS PUBLICADAS



O Site Fênix Notícias, do grupo Jornal Fênix Notícias e Rádio Comunitária Fênix FM, vinculados à Associação Comunitária de Comunicação e Cultura de Juranda (CNPJ 07.816.377/0001-62), está bloqueado www.fenixnoticias.com.br.

Vereador Molina denunciou proselitismo político na Rádio Comunitária, no Jornal e no Site Fênix notícias, não descartando a possibilidade de fazer uma representação judicial em face desses órgãos pertencerem à Associação Comunitária de Comunicação e Cultura de Juranda, o que pela legislação é vedado partidarismo político, como o que tem sido feito pelo prefeito de Juranda (Foto: M. Camargo)
Na segunda-feira (02/05) o vereador José Molina Netto (PT) havia denunciado na Câmara publicações ofensivas no site, no jornal e até mesmo na rádio onde o prefeito Bento Batista da Silva (PSDB) tem um programa semanal.

Jornal Fênix Notícias Publicou mentiras na Edição XVI, abril/2016. Exemplo: Publicou que cassação do prefeito foi arquivada por falta de provas, quando na verdade foi arquivada por falta de prazo. Publicou que as contas do vereador Molina foram reprovadas pelo Tribunal de Contas quando presidente da Câmara, quando na verdade todas suas contas foram aprovadas, sendo a última das quatro no ano passado com a publicação do Acórdão 1673/15, processo 142734/09, do TCE/PR
A motivação da denúncia do vereador foi porque o Site, assim como o jornal Fênix Notícias (Edição Nº XVI, Abril/2016) havia publicado matéria ofensiva a alguns vereadores, servidores e à própria câmara.

O site havia publicado notícia inverídica sobre o arquivamento da cassação do prefeito Bento Batista, bem como também publicou matéria mentirosa contra o vereador Molina, dizendo que suas contas não foram aprovadas pelo TCE/PR, quando presidente do Legislativo.


Em seu discurso na Tribuna da Câmara, Molina não descartou a possibilidade de entrar na justiça contra os três órgãos de notícias, que são vinculados à ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DE COMUNICAÇÃO E CULTURA DE JURANDA. "Pela legislação, é proibido fazer proselitismo político em rádios, sites e jornais vinculados à associações comunitárias, o que tem sido recorrente pelo prefeito Bento Batista nos referidos órgãos", criticou. "Será que o site foi bloqueado por medo de processo e para apagar as provas?", questiona Molina.

PREFEITO EXERCE PODER SOBRE O SITE, O JORNAL E A RÁDIO COMUNITÁRIA

Para piorar a situação, a Associação Comunitária de Comunicação e Cultura de Juranda foi fundada e presidida por Bento Batista até 21 de outubro de 2013 quando ele já era prefeito, o que seria ilegal. Mais do que isso: a ata da nova diretoria só foi registrada em cartório em 22 de outubro de 2014, o que significa, em tese, que até essa data constava no cartório de registro de Títulos e Documentos, o prefeito como Presidente da Associação.

Vale esclarecer que a diretoria que sucedeu Bento Batista, e está vigente até hoje, tem a seguinte composição literalmente ligada ao prefeito: Presidente: Jair Grigato (Secretário de Administração); Vice-presidente: Áurea Aparecida Perri da Silva (Esposa do Prefeito); Secretária: Cristiana Aparecida Locatelli Escobar; Tesoureiro: Luís Carlos Mendes; Diretor Administrativo: Marcos André Sanchez.

Veja abaixo esboço da notícia mentirosa publicada e que já não mais pode ser acessada:

CP CONTRA PREFEITO DE JURANDA É ARQUIVADA POR FALTA DE PROVAS

A nova presidente da CP, vereadora Cris Brasil, e o novo relator, Cido da Saúde, junto com o membro que foi mantido, Celso Carnielli, entenderam que não há provas consistentes que apontem dolo ao Município no contrato com a empresa de combustível. Com a falta de indícios consistentes, a CP não teve outra alternativa a não ser arquivar o processo de investigação.
http://www.fenixnoticias.com.br/noticias/politica/629526


Nenhum comentário:

Postar um comentário

COTAÇÕES

Projeção da população do Brasil

Projeção da população do Paraná