TERRA NATIVA FM, 91,1

INTERNET VIA FIBRA ÓPTICA, TEM NOME.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

JUIZ DA COMARCA DE UBIRATÃ, FERDINANDO SCREMIN NETO VAI A CAPITAL PARA DEBATER SOBRE POLÍTICAS PÚBLICAS, AÇÕES E PROJETOS DE SEGURANÇA PARA UBIRATÃ E REGIÃO.





Na manhã de sexta-feira (22) o juiz de direito da Comarca de Ubiratã, Ferdinando Scremin Neto, se encontrou em Curitiba com o presidente do Instituto Teotônio Vilela do Paraná (ITV-PR), Marcello Richa, para debater sobre políticas públicas, ações e projetos de segurança no município de Ubiratã e região.




“A segurança pública é um tema fundamental que foi abandonado por gestões anteriores no estado, sendo resgatado no governo Beto Richa. Apesar disso, ainda é necessário melhorar e ampliar os esforços. Em conjunto com lideranças, o ITV busca mapear ações e promover estudos e projetos que contribuam para uma gestão de segurança pública que atenda as necessidades e seja adequada para a realidade de cada região”, disse Marcello Richa.

Um dos principais temas da reunião foi a segurança nas fronteiras, de responsabilidade do governo federal, que investe muito pouco e deixa os estados desguarnecidos. Para combater essa situação, o governador Beto Richa criou em 2012 os Batalhões de Fronteira, que combatem o contrabando, o tráfico de drogas e reforçam as ações de segurança no estado.

O juiz Ferdinando Neto ressaltou que o Batalhão de Fronteira é uma excelente iniciativa na área de segurança, uma vez que possuem uma ampla atuação contra crimes transfronteiriços e reforçam as unidades policiais presentes na região.

“O Batalhão de Fronteira tem um preparo especial para combater os crimes de tráfico de drogas, armas, munições, contrabando e crimes contra a saúde pública, bem como também reforçam as unidades policiais presentes na região, Além disso, atuam na esfera de inteligência com o apoio do poder judiciário e do ministério público, reforçando a segurança das rodovias e municípios onde atua, não só ostensiva, mas também preventivamente”, disse o juiz Ferdinando Neto.


No encontro também foram debatidos projetos desenvolvidos em outros municípios que podem ser adaptados para a região, bem como ações de capacitação e questão de efetivo, temas que o juiz Ferdinando Neto iria tratar no período da tarde durante visita a Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Fonte: Guia Goioerê – Postado por: Marcos Camargo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COTAÇÕES

Projeção da população do Brasil

Projeção da população do Paraná